O mau humor coletivo

TPM-controle-o-mau-humor-comendo-certo

Tomei conhecimento, por estes dias, da existência de uma espécie de humano chamada hater, que no bom português significa “aqueles que odeiam”.

Eu, em minha inocência, ao ouvir a palavra até então ignorada perguntei “é alguma profissão?”

Se você é tão desinformado quanto eu, sai que nããão, não é uma profissão, é apenas uma postura de bullying virtual e de ódio generalizado.

Eles odeiam tudo…

E eles odeiam gratuitamente…

Você não entende? Eu menos ainda… E como é bom não entender, afinal, não sou do tipo hater e, espero, nem você.

Eu não conheço nenhum espécime desse, mas conheço muita gente amarga, que olha o mundo com olhar turvo, anuviado.

Perto delas o otimismo sequer chega. Ele sente um arrepio na espinha só de se aproximar…

Deparei-me hoje com um trecho de uma crônica de Martha Medeiros intitulada “Os Solares” (no livro A Graça da Coisa) e me lembrei dos tais haters e também desta gente amarga que vez ou outra eu encontro pela vida: “(…) considero uma bobeira defender o azedume como traço de inteligência.”

Pois é, muitos amargos que conheço costumam posar de cultos e de inteligentes… Mas, cá entre nós, sabemos que inteligência mesmo é ficar bem longe deles…

 

Publicação original no Scribe (4 de maio de 2015).
Imagem disponível em: <http://www.magraemergente.com/wp-content/uploads/2010/06/TPM-controle-o-mau-humor-comendo-certo.jpg&gt;. Acesso em: 4 abr. 2015.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s