Apenas um pão francês

DSC03292

Era um pão francês, apenas um pão francês…

O que concedia a ele um sabor especial era o que o acompanhava: um sorriso, que apesar de enrugado tinha um ar juvenil, maroto.

Primeiro era o som do motor da velha Brasília sendo estacionada, depois o som da trava do portão sendo aberta, e aí vinha, do fim do corredor, o chacoalhar da sacolinha de plástico acompanhada do sorriso.

Hora do lanche da tarde, com o cheiro de café estimulando-nos a jogar conversa fora, hora do carinho de avô de sorriso maroto.

Não haverá pão francês mais delicioso.

 

Publicação original do blog “Falando mais do que a boca” (15 de janeiro de 2015).
Imagem do vô Ignácio, arquivo da autora.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s